terça-feira, 7 de julho de 2009

- Dor no ombro


Meu amigo Rafael Sousa, que inclusive também acompanha este blog, veio conversar comigo hoje sobre uma dor que estava sentindo no ombro e que o fez parar de treinar por algum tempo. O motivo da dor, segundo o médico que ele passou por consulta era uma tendinite.
Durante nossa conversa virtual fui lhe fazendo algumas perguntas para tentar entender o porque ele havia desenvolvido esse quadro de dor; no começo não queria acreditar que era por conta de treino mal orientado e planejado, então questionei sobre sua vida ocupacional, postura no posto de trabalho... mas ele respondeu: _Acho que não é minha postura no trabalho não Wil, se fosse por exemplo por conta do mouse, ia doer o ombro direito e não o esquerdo! ...bem, embora uma tendinite desenvolvida pela postura no posto de trabalho não esteja sempre relacionada com o uso do mouse, afinal, pode acontecer por outros vários motivos como falar ao telefone, ajuste da cadeira, teclado, mesa, bloco de anotações, vai saber!!!! a postura de trabalho num escritório me lembra aquele desenho da evolução da raça humana só que ao contrário! porque atualmente em frente ao computador o povo está todo encurvado como nos primórdios! ...mas enfim, depois de mais algumas perguntas identifiquei aquilo que eu não queria acreditar no início, treino mal planejado. Veja só: O Rafael treina 4 ou 5 vezes na semana, sendo que seu treino é separado em A) Ombro, B) Costas e C)Peito (o treino de perna ele faz em meio aos treinos, ou no fim de semana). Ainda; ele realiza os exercícios Pulley Costas, Desenvolvimento Costas, Peck Deck e Pull Over!!!!!!!!!!!!!!!! CARAMBA RAFA!!! mais um pouco treinando assim você ia ficar com um bração!!!! isso mesmo! um bração, quase raspando no chão!!!!!!!! tipo chimpanzé!!!!! (brincadeira Rafa, mas que é verdade é - risos).
...puxa! quanta coisa eu queria escrever, mas isto aqui é um blog e não tenho de me alongar na escrita...
...galera, hoje em dia se pensarmos em otimização de treinamento e resultado, não se deve separar um dia de treino só para ombro! ...vamos entender: o músculo deltóide (ombro) é dividido em 3 porções, anterior, acromial e posterior, sendo que na maioria (ou todos) dos exercícios ditos para peito já tem ativação muscular do deltóide porção anterior, da mesma sorte que alguns exercícios ditos para ombro, também tem ativação muscular do peitoral! O mesmo acontece com os exercícios ditos para costas; eles ativam deltóide, só que na porção posterior; da mesma maneira que alguns exercícios ditos para ombro ativam também dorsais (costas)!!!!! Então o que se deve fazer é selecionar adequadamente alguns exercícios ditos para ombro e inclui-los ou no treino para "peito" ou no treino para "costas".
Agora vamos pensar na articulação. Para o treino de peito o sujeito tem de realizar movimentos com a articulação do ombro, daí no outro dia o sujeito treina costas, que também é dependente dos movimentos da articulação do ombro; então quando o indivíduo deveria dar uma descanso para a coitada da articulação do ombro, vem o que? O TREINO DE OMBRO!!!! aí pronto! tritura logo de vez!!! surra, sova, espezinha, pinça, prende, amassa, mói tudo!!!! e aliado a tudo isso, no caso do Rafa, ele ainda realiza 4 exercícios que são mais lesivos a tal articulação; os que tem abdução do úmero com elevada rotação externa, movimento este que deixa a articulação extremamente instável! (Pulley Costas, Desenvolvimento Costas e Pull Over), ainda o Peck Deck, que em decorrência do alto grau de alongamento da fibra muscular do peitoral maior, acaba por ter pouca possibilidade de gerar força, sobrecarregando assim a articulação.

Olha Rafael, o negócio é mudar seu treino urgente! não separar mais um dia só para ombro; abolir pelo menos por algum bom tempo os exercícios Pulley Costas, Desenvolvimento Costas, Pull Over e Peck Deck, que não estou dizendo que são proibidos, mas que pelo menos eu, só indico para indivíduos altamente treinados e que nunca apresentaram lesões no ombro; e por fim, realizar aqueles exercícios de rotações externas e internas com uma borracha, ou no aparelho cross na sala de musculação para fortalecer os músculos do manguito rotador (os músculos do manguito rotador viabilizam a ação do deltóide e auxiliam na estabilização da glenoumeral).

Do mais Rafael, boa sorte e inscreve seu professor de musculação num campeonato de Jiu Jitsu para ele levar uma chave de braço bem gostosa e sentir como a articulação do ombro fica instável com o movimento de abdução do úmero com rotação externa! (risos)

grande abraço a todos
Prof. Wilson Lima

4 comentários:

  1. é wil pelo jeito vc ainda vai ter que repetir muito a respeito desse assunto comigo, com esse seu amigo Rafael, com todos os que treinam erroneamente...

    olha trabalho vai se duro hein|?

    mas tenho certeza que com esse seu jeitinho especial de tratar a todos logo convencerá

    boa sorte e so sei que eu já estou treinando certinho

    bjs

    ResponderExcluir
  2. Professor !
    Gostei muito dessa matéria, muitas as vezes somos sujeitos de pesquisa para esses professores.
    Obrigado pela orientação.
    Lagarto

    ResponderExcluir
  3. como diria o seu wilson

    olha ate que ta bonitao nas palavras e nas fotos e mostrando os exercicios

    gostei e abracao do discuplo do seu wilson
    e continue assim
    sempre em frente

    ResponderExcluir
  4. Realmente o sobre cargas ofertadas em diversos exercícios acabam por promover falta de sinergia entre os movimentos antagonistas. Interessante o escrito acima, da a sensação que o elemento esta querendo apontar os ombros como se aponta um lápis.
    Treinar manguito é fundamental, mas e quando uma lesão já esta instalada?

    ResponderExcluir